Ribeirinha repercute mortes e critica “transferência de responsabilidades das famílias” na educação dos jovens

1558

O Superintendente de Juventude do governo estadual e ativista da área de políticas para jovens, Ricardo Ribeirinha fez um post no facebook que gerou polêmica. Ele repercutiu a morte de cinco jovens durante uma ação policial na noite de ontem na capital.

O posicionamento dele ganhou apoio de centenas de pessoas que concordaram com as exposições feitas.

“Em Palmas estou alertando todos os dias autoridades sobre a situação de crianças, adolescentes e jovens estarem as madrugadas inteiras perambulado em bares, festas, motéis, pontos de venda de drogas .. é uma responsabilidade de todos pois somos uma sociedade conectada em todos os poderes, ou não?”, afirmou ao cobrar responsabilidade das famílias na educação dos filhos.

27924

Veja a íntegra do post de Ricardo Ribeirinha:

Duas realidades e uma decisão!

A complexa guerra de responsabilidades ..

Ao mesmo tempo que temos o imenso orgulho de ler que alunos da escola pública de Gurupi tiveram 90% de aprovação no vestibular nos chega a notícia do confronto de jovens com a Força Tático na região Norte de Palmas está madrugada!

Informações que 5 jovens balearam um cidadão dentro de um carro ainda na região norte, que foi a óbito e em fuga trocaram tiros com a Força Tático e os 5 morreram no local!

Como cidadão e gestor de #juventude estamos diante de duas realidades extremas, mas situações cotidianas em todas as cidades brasileiras!

As drogas destroem vidas e vem provocando em nossas cidades verdadeiras guerras em busca de poder, espaços e disputas por pontos de venda!

Quero e vou sempre ACREDITAR na prevenção, no poder de uma palestra, no trabalho do PROERD .. na educação e limites que devem ser colocados pelos pais ainda na infância!

No poder da escola pública apoiando os MESTRES professores (a) no chão da escola, mas .. sem se esquecer no rigor da lei e das atribuições das nossas forças de segurança !!

O poder público tem sérios problemas sim, mas a transferência de obrigações e deveres é nítida no chão das escolas .. as famílias precisam voltar URGENTE assumir a educação dos próprios filhos, colocar limites, cobrar obrigações e horários!

Em Palmas estou alertando todos os dias autoridades sobre a situação de crianças, adolescentes e jovens estarem as madrugadas inteiras perambulado em bares, festas, motéis, pontos de venda de drogas .. é uma responsabilidade de todos pois somos uma sociedade conectada em todos os poderes, ou não?

Dra. Silvana ex. Juíza da Infância e Juventude de Palmas encontrou uma solução proibindo crianças de ficarem nas ruas de madrugada ” a Câmara de Vereadores ” entre outras entidades não concordaram, o que é de direito em um país democrático, DERRUBARAM a determinação da Juíza, mas não tivemos outras alternativas. E nas ruas as madrugadas estão como antes, lotadas !!

Se tornou fácil culpar o poder público, e sem duvidas temos que assumir as nossas responsabilidades, mas a vulnerabilidade não é mais social de certos grupos excluídos, mas de todas as classes que por falta de exemplos na famílias, educação, limites e também oportunidades estão fazendo do tráfico de drogas meio de vida! Atrás de facilidades, dinheiro sem trabalho, poder e destaques na periferias .. isto tem consequências claro!

Felizmente me alegro com os alunos de Gurupi mas me entristeço com os jovens que partiram tão cedo! Me preocupo a transferência de responsabilidades das famílias e com a falta de sintonia entre os poderes!

Mas entre mortos e feridos as escolhas do caminho são sempre individuais !!

Sua opinião é muito importante: