Pacientes com câncer sofrem com falta de medicamento

107
Pacientes com câncer reclamam de tratamento interrompido (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Pacientes com câncer que precisam de medicamentos fornecidos pelo estado estão sofrendo para conseguir manter o tratamento regularmente. Eles relatam que esta é a segunda vez, em menos de 50 dias, que eles precisam lidar com a falta de um remédio, o ‘herceptin’.

A dona de casa Maria Cecy descobriu o câncer há três anos. Ela e outras pacientes precisam da medicação herceptin. O medicamento é aplicado na veia. São dezessete doses a cada 21 dias. Ela conta que esta é a segunda vez no ano que o governo deixa falta o remédio. “Se a gente não tomar a dosagem certa que o médico passa, aí nosso tratamento fica inválido”.

A situação da dona de casa Sônia Maria matos também é delicada. Ela mora em Conceição do Araguaia (PA) a 350 km de Palmas, e diz não ter condições de arcar com a compra do remédio. “Nossa vida está em risco. É a nossa saúde. Nós dependemos desse remédio, nós precisamos dele para continuar vivendo”.

Em abril, pacientes também relataram a falta do herceptin. Mais de 10 pessoas dependem desse medicamento. Depois de uma reportagem exibida pela TV Anhanguera, o medicamento foi comprado, mas segundo os pacientes, o medicamento está em falta novamente há mais de uma semana, tempo demais para quem luta contra o câncer.

A Secretaria Estadual da Saúde informou que a compra do medicamento é de responsabilidade do Ministério da Saúde, que garantiu que vai regularizar o fornecimento do remédio ainda nesse mês.

Fonte: G1 Tocantins

Sua opinião é muito importante: