Atlas da violência: assassinatos subiram 164% no TO em 10 anos

208

assassinato2

O número de assassinatos no Tocantins disparou 164% entre 2005 e 2015. O dado foi divulgado nesta segunda feira, com o Atlas da Violência. O documento foi produzido pelo Instituto Econômico de Pesquisa Aplicada (Ipea) e mostrou a situação em todos os estados e no Distrito Federal. A taxa de homicídios no Tocantins foi de 14 para 33 mortes para cada 100 mil habitantes em 10 anos, um aumento de 128%.

Em 2015 o número de crimes do tipo registrados no Tocantins foi de 503, enquanto em 2005 eram 190 casos. O estado é um dos que teve os piores resultados. Enquanto a média nacional foi um aumento de pouco mais de 10% na taxa de homicídios, no Tocantins ela mais que dobrou.

Quase metade das mortes registradas no Tocantins em 2015 é de jovens entre 15 e 29 anos. Foram 243 casos durante o ano. O aumento foi de 176% com relação a 2005 e de 29% com relação a 2014. a taxa de mortes para pessoas nesta faixa de idade também é mais alta, 58 mortos para cada 100 mil habitantes.

O atlas também revelou que a maior parte dos crimes é contra a população negra. A taxa de homicídios para habitantes negros é de 32,8 mortes para cada 100 mil habitantes, enquanto as outras etnias têm 27,9 mortes para a mesma proporção.

O Ipea também identificou crescimento da violência contra a mulher. Foram 48 casos de assassinatos de mulheres em 2015 frente a 21 em 2005. Aumento de 128%. Apesar disso, os crimes contra elas ainda são minoria no volume total de homicídios do estado.

O estudo também revelou quais são os municípios mais seguros e mais violentos do país, mas nenhuma cidade do Tocantins apareceu em nenhuma das duas listas.

Fonte: G1 Tocantins

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPolicial do DF é flagrado com carro roubado
Próximo artigoAnimais vindos do Pará são sacrificados no Tocantins
Maria José Alves Cotrim, 28 anos, é Jornalista, Especialista em Comunicação Étnico-Racial e Marketing Político. Membro da Coordenação Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial - Cojira, é idealizadora e Coordenadora do Instituto Crespas.TO

Sua opinião é muito importante: