PM fecha lava jato que funciona irregularmente

232

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental – BPMA de Araguaína, atendendo solicitação do Ministério Público Estadual, constatou na manhã de terça-feira, 06, no município de Carmolândia, o funcionamento irregular de um Lava Jato. O estabelecimento estava sem a exigida Licença de Operação, documento que deve ser expedido pelo NATURATINS depois de cumprido os tramites legais. Foi apresentado apenas um Alvará de Licença Municipal, documento que não é suficiente para o funcionamento do serviço.

O local funcionava de maneira irregular.

O estabelecimento recebeu uma multa no valor de R$ 2.000,00, em nome da esposa do administrador do local, já que a documentação do negócio esta em nome dela. O Lava Jato foi embargado até que a situação seja regularizada junto ao NATURATINS.

Sua opinião é muito importante: