Preso mais um suspeito de envolvimento na morte de PM em Palmas

184
Policial Milton Caetano
Policial Milton Caetano

Um homem de 38 anos foi preso na tarde desta terça-feira (6) por ter supostamente facilitado a fuga dos suspeitos de assassinar o Policial Militar Milton Caetano no dia 1º de abril deste ano. De acordo com a Polícia Civil, ele teria usado o próprio carro para transportar os outros três homens após o crime, na quadra 904 Sul. Ele foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

O delegado responsável pelo caso, João Sérgio Kenupp, pediu que a Justiça decretasse a prisão preventiva do suspeito. O pedido foi atendido na comarca de Palmas e o homem foi localizado no setor Morada do Sol, na casa de uma prima. A Secretaria de Segurança Pública não passou maiores detalhes sobre a operação.

O caso

O subtenente da Polícia Militar Milton Caetano, de 32 anos, foi baleado durante um assalto na manhã do sábado (1º) na quadra 904 Sul, em Palmas. Ele foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e levado para o Hospital Geral de Palmas (HGP), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Conforme a PM, o policial estava dentro de casa quando foi abordado por dois criminosos armados. Os homens tentaram roubar o veículo da vítima após o crime. Ele teria reagido ao assalto e por isso acabou baleado.

No dia seguinte ao crime, dois suspeitos morreram em confrontos com a PM e quatro foram presos no interior do estado. Dois menores também foram apreendidos. A operação que levou a prisão dos suspeitos envolveu a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e outras forças de segurança.

Fonte: G1 Tocantins

Sua opinião é muito importante: