Aplicativo vai facilitar doação de sangue no Estado

104

Em comemoração ao Dia Mundial do Doador de Sangue, lembrado nesta quarta-feira, 14, o Governo do Estado, por meio da Hemorrede Tocantins, vai lançar o aplicativo Hemoto Mobile, que visa facilitar a comunicação entre as unidades do Hemocentro e a população. O lançamento acontece às 8h30 no Hemocentro Coordenador de Palmas, localizado na 301 Norte. Na ocasião também será apresentada agenda de coleta externa da unidade móvel da Hemorrede.

O aplicativo foi desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação do Hemocentro Coordenador de Palmas e vai estar disponível para download a partir do dia 14. Nesse primeiro momento poderá ser baixado pelo Play Store. “Havia um público que sempre pedia que o Hemocentro ligasse ou enviasse emails e mensagens de texto para lembrá-los que já estavam aptos para nova doação. Isso até é feito, mas às vezes há problemas com email, ou com o contato de telefone. Foi a partir daí que passamos a trabalhar nesta ferramenta, para facilitar essa comunicação e conseguir mais bolsas de sangue”, explicou o gerente de Tecnologia da Informação do Hemocentro de Palmas, Luciano Alencar.

“Nossas unidades têm conseguido atender a demanda de sangue do Estado nos hospitais públicos e particulares, porém necessita de doadores diariamente, principalmente neste mês de junho, que antecede o período de férias, quando os estoques de sangue tendem a cair. Essas ações somam para que possamos salvar vidas”, lembra o secretário de estado da Saúde, Marcos Musafir.

Junho Vermelho

apl

A Hemorrede Tocantins aderiu mais uma vez ao Junho Vermelho, que visa incentivar e intensificar as doações de sangue no Tocantins. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que de 3% a 5% da população seja doadora de sangue, mas no Brasil o índice é de 1,9%, considerado muito baixo.

No período de janeiro a maio de 2017 foram realizadas 9.822 coletas de sangue, uma média de 1.964 coletas de sangue por mês. Comparado às coletas realizadas no mesmo período do ano anterior houve um aumento de 7% no número de coletas de sangue. Em todo ano de 2016 foram feitas 21.989 coletas de sangue .

No mesmo ano foram realizadas 26.079 transfusões de hemocomponentes, já que cada doação pode gerar mais de um hemocomponente.

Como doar

O candidato à doação deve está com boa saúde, apresentar documento oficial com foto, ter entre 16 e 60 anos de idade (jovens entre 16 e 17 anos podem ser aceitos como candidatos a doação de sangue, com o consentimento formal assinado pelo responsável legal, que deve estar presente no ato da primeira doação) e pesar no mínimo 50 Kg. Homens podem fazer até quatro doações por ano e mulheres até três.

Sua opinião é muito importante: