19 municípios podem se capacitar para Programa Criança Feliz

254

inscrições criança felizComeça nesta segunda-feira, 19, as inscrições online para a capacitação de Supervisores e Visitadores do Programa Criança Feliz. As aulas serão de 26 a 29 de junho, no município de Araguaína, a 379 km de Palmas. Para se inscrever basta acessar o link http://sgs.setas.to.gov.br/auth/login

Devem se inscrever os municípios de Aguiarnópolis, Araguatins, Augustinópolis, Axixá do TO, Buriti do Tocantins, Carrasco Bonito, Itaguatins, Nazaré, Praia Norte, Riachinho, Goiatins Sampaio, São Bento do TO, São Miguel do Tocantins, Wanderlândia, Tocantinópolis, Araguaína, Arapoema e Muricilândia.

A capacitação tem o objetivo de formar os supervisores e visitadores municipais que irão atuar nas visitas domiciliares previstas pelo Programa Criança Feliz. Segundo orientações do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), inicialmente as capacitações terão carga horária de 40 horas e a complementação da carga horária (mais 40h) será realizada após o início das visitas domiciliares.

Entre os conteúdos que serão aplicados aos entrevistadores de visitadores estão a importância da primeira infância no desenvolvimento da criança; linhas gerais do Programa Criança Feliz; intersetorialidade no Programa Criança Feliz; o papel do Sistema Único da Assistência Social (Suas) no Programa Criança Feliz; orientações para começar o trabalho no território – a acolhida das famílias e as primeiras visitas; introdução ao método Cuidados para o Desenvolvimento da Criança (CDC); metodologia para visitas domiciliares; guia da  Visita Domiciliar; planejamento e realização da visita domiciliar e o papel do supervisor e do visitador.

De 03 a 07 de julho a mesma capacitação será realiza em Palmas para os demais municípios envolvidos no Programa.

Sobre o Criança Feliz

O programa Criança Feliz tem o intuito de desenvolver políticas públicas para melhorar a qualidade de vida na primeira infância, a fim de promover o desenvolvimento infantil integral e incentivar as famílias a cuidarem melhor das suas crianças. No Tocantins, 42 municípios já aderiram à iniciativa. O programa tem como público-alvo gestantes, crianças de até três anos e suas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família; crianças de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Comunitária (BPC) e suas famílias e crianças de até seis anos afastadas do convívio familiar em razão da aplicação de medidas protetiva.

Fonte: Portal Tocantins

Sua opinião é muito importante: