UFT pede ao governo cessão das quatro casas do estudante

636

casa do estudante

Com o objetivo de ampliar e fortalecer a sua Política de Assistência Estudantil que tem como prioridade moradia e alimentação, a Universidade Federal do Tocantins (UFT) formalizou a solicitação de cessão das quatro Casas do Estudante que atualmente estão sob a gestão do Governo do Tocantins. O ofício com a manifestação de interesse foi enviado na terça-feira (20), à secretária de Educação do Tocantins, Wanessa Zavarese. O documento ainda solicita, caso haja interesse do Estado em doar as casas à UFT, que a instituição seja informada sobre os procedimentos administrativos para a formalização da parceria.

A UFT já mostrava interesse nas Casas do Estudante há algum tempo, porém a manifestação ocorreu pessoalmente em reunião realizada na última quarta-feira (14), pelo vice-reitor no exercício da Reitoria da UFT Luís Eduardo Bovolato para a secretária de Educação do Tocantins Wanessa Zavarese. O pedido de doação é para as Casas dos municípios de Palmas, Araguaína, Gurupi e Porto Nacional.

Para Bovolato, “a maior parte dos moradores dessas casas do estudante são alunos da UFT, e a cessão delas para a instituição possibilitará um maior acesso dos nossos acadêmicos à moradia, além de ser uma das prioridade estabelecidas no Fórum de Assistência Estudantil e Comunitário”, explica.

Além do auxílio moradia fornecido aos acadêmico em vulnerabilidade, a UFT possui atualmente as Casas do Estudante dos câmpus de Tocantinópolis e Arraias, este último foi cedido pela Prefeitura de Arraias para a Universidade há cerca de três semanas. No total, o Tocantins possui seis Casas do Estudante que somadas oferecem cerca de 300 vagas para acadêmicos com baixas condições financeiras para arcar com os custos de moradia. As seleções de moradores são realizadas pela administração de cada casa, por meio de editais próprios, observando a disponibilidade de vagas e considerando a análise socioeconômica dos candidatos.

Sua opinião é muito importante: