População de Brejinho se mobiliza para discutir Assistência Social

303

Constituída como a instância máxima de deliberação, mobilização e participação social,

a Conferência Municipal de Assistência Social de Brejinho de Nazaré, a 100Km de

Palmas, aconteceu nesta sexta-feira, 23, e contou com o suporte do Estado, por meio

da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) em parceria com o Conselho

Estadual de Assistência Social (Ceas).

Foto 3 - Sec. Patrícia

Com a presença massiva da população, foi a participação social que se destacou na

Conferência do Município por meio de uma apresentação cultural cativante de jovens

do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do Centro de Referência de

Assistência Social (Cras) e pela fala expressiva do representante dos usuários da

Assistência Social, José Ribeiro.

Foto 2 - José Ribeiro

“Não estamos aqui por acaso, viemos para construir o que vai ser a base para uma

cidade forte, que tem sua Assistência Social fortalecida. Não temos como negar que

quando procuramos a Assistência somos bem atendidos, mas pode melhorar e, para

isso, é preciso que Governo e população andem juntos. É para isso que estamos aqui

hoje, para criar o elo entre Governo e população”, afirmou José Ribeiro que é

remanescente da comunidade quilombola Malhadinha.

Foto 1 - abertura do evento

“É gratificante ouvir a fala de um usuário da Assistência Social que conhece tão bem

sobre as políticas e sobre o seu papel. É assim, conhecendo nossos direitos e deveres,

que vamos de fato conseguir conquistar o que a Conferência nos sugere este ano:

Garantia de Direitos e Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social. É nosso

trabalho aqui que nos possibilitará colher os frutos amanhã.”, disse a secretária

Patrícia do Amaral durante o evento.

Foto 4 - presidente do Conselho Municipal de Assistência Social  -

Já o presidente do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS) abordou o

trabalho realizado para ampliar cada vez mais a participação da comunidade. “Apesar

de a política de Assistência Social já ter evoluído bastante neste sentido, primamos

pela inserção da sociedade civil no centro do debate, pois é esta participação que vai

possibilitar a conscientização que eles são muito mais do que meros receptores de

benefícios”, afirmou.

Etapas

As Conferências de Assistência Social deste ano têm como tema Garantia de Direitos

no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social.

Após a realização das Conferências Municipais, Estado e Municípios se reunirão em

Palmas, em outubro deste ano, para a realização da etapa Estadual. Nela os delegados

municipais apresentarão e defenderão suas propostas e as aprovadas nesta etapa

serão levadas para a Conferência Nacional que acontecerá em Brasília.

 

Sua opinião é muito importante: