Quatro suspeitos violam pena em regime domiciliar e voltam para prisão

290

Policiais Civis da Delegacia Interestadual de Capturas (Polinter), comandados pelo Delegado Reginaldo de Menezes Brito, com apoio de equipes da Central de Monitoramento Eletrônico da Secretaria da Cidadania e Justiça, efetuaram, ao longo dessa semana, a prisão de quatro suspeitos de violar as condições de cumprimento de pena, as quais haviam sido determinadas pelo Poder Judiciário.

unnamed (60)

Conforme o delegado, Divino Rodrigues Araújo, 32 anos, Reginaldo Rodrigues Noleto de Carvalho, 41 anos, Erivelton Castro Alencar, 24 anos e Juscelino Duarte Júnior, de 33 anos haviam sido presos pelo crime de roubo e cumpriam pena em regime domiciliar, sendo monitorados por tornozeleiras eletrônicas.

unnamed (61)

No entanto, eles descumpriram as condições impostas pela Justiça, tais como não se ausentar da residência em período noturno e nem se afastar da área de abrangência do dispositivo eletrônico e, desta maneira, foram capturados, por meio de cumprimento de mandados de regressão de regime, expedidos pelo Poder Judiciário.

“Alguns dos presos simplesmente retiravam as tornozeleiras que estavam usando a fim de se ausentar para longe da residência em que deveriam permanecer para cumprimento da pena. Outros, propositalmente, deixavam a bateria dos dispositivos eletrônicos descarregar para que não fossem monitorados”, ressaltou o delegado.

unnamed (63)

Após serem capturados em vários pontos da Capital, todos os quatro indivíduos foram conduzidos à sede da Polinter, onde o delegado deu cumprimento aos mandados de prisão, por regressão de regime. Em seguida, eles foram recolhidos à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

 

Sua opinião é muito importante: