Suspeitos de latrocínio tentam se passar por vítimas, mas são presos em flagrante

178

Em Gurupi, nessa sexta-feira, 30, um homem e uma mulher tentaram se passar como vítimas no local do crime, mas foram presos por policiais militares do 4° Batalhão. Ambos são suspeitos de cometer latrocínio, roubo seguido de morte. A suposta autora é sobrinha do esposo da vítima, mas no momento do delito ele estava fora do município.

Por volta das 05h20, uma viatura foi acionada para averiguar um roubo em residência. Ao chegar no local, a equipe foi recebida pelos supostos autores, onde eles informaram que estavam na casa da vítima, quando foram surpreendidos por três indivíduos encapuzados. Estes teriam entrado pelo telhado e anunciado o roubo. Ainda de acordo com os envolvidos, todos foram amarrados e a vítima foi agredida até morrer.

LOGO-GAZETA-com redes

A pessoa que foi a óbito, era uma senhora de 43 anos. Seu automóvel foi retirado da garagem e abandonado, mas os policiais militares conseguiram recuperar.

A perícia esteve no local e verificou que as informações transmitidas pelos suspeitos, não estavam de acordo com as cenas do crime. Os acusados, que estavam passando uns dias na casa da vítima, foram presos em flagrante e em seguida conduzidos à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

Sua opinião é muito importante: