Servidoras da UPF recebem treinamento da Escola Penitenciária

526

 

Foto 02 - Divulgação Escopen

Para garantir a segurança na condução de presos nas unidades prisionais do Estado do Tocantins, a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio da Escola Penitenciária (Escopen), realizou um treinamento com atividades de alinhamento operacional padrão. A ação, a princípio, atendeu 15 servidoras da Unidade Prisional Feminina de Palmas (UPF), entre técnicas em Defesa Social e Policiais Civis, cedidas ao Sistema Penitenciário.

 

O treinamento, realizado pelos instrutores Ricardo José de Sá Nogueira, Cristóvão Lopes da Silva
e Rui Emanuel  Marinho teve o objetivo de aperfeiçoar técnicas de algemamento, condução, intervenção em situações de crise, uso e manuseio de armamento, adentramento tático e defesa pessoal. As atividades ocorreram das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, entre os dias 03 e 07 de julho, na sede da Escopen e no Centro de Treinamento e Caça do Cerrado (CTCC).

 

Para o gerente da Escopen, Ricardo de Sá Nogueira, as atividades de capacitação são importantes para
dar continuidade à qualificação dos servidores do Sistema Penitenciário do Estado. “A Escopen quer valorizar os servidores efetivos do quadro próprio do Sistema Penitenciário. Estamos trabalhando dia-a-dia para capacitá-los e prepará-los ainda mais para o dia-a-dia do âmbito prisional”, ressaltou o gestor.

 

Mais treinamentos

Com a finalização do treinamento das servidoras da UPF, a Escopen terá um cronograma intenso de treinamentos e instruções ainda no mês de julho, se estendendo por todo o ano. As atividades ocorrerão em Palmas e nas unidades prisionais no interior do Estado, para capacitar mais servidores do Sistema Prisional.

Sua opinião é muito importante: