Mais de 200 escolas do Tocantins se inscrevem no prêmio Gestão Escolar

212

Gestores municipais de educação de diversas regiões brasileiras e os coordenadores estaduais do Prêmio Gestão Escolar (PGE) 2017 estiveram reunidos nos dias 6 e 7 de março, em Palmas, para a reunião técnica nacional do PGE promovida pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). No último dia do evento, os participantes receberam orientações gerais sobre o sistema de avaliação e acompanhamento das inscrições, cujo ranking está sendo liderado pelo Tocantins, com o maior número de escolas inscritas, proporcionalmente ao quantitativo de unidades escolares existentes no Estado.

unnamed (93)

Até o final da tarde da sexta-feira, 7, mais de 146 mil escolas de todo o País já haviam se inscrito no  Prêmio Gestão Escolar 2017. O Tocantins já registrava 224 escolas participantes, o que representa mais de 15% do total de 1.486 unidades de ensino públicas no Estado.

O volume de escolas tocantinenses inscritas foi comemorado pela secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim, que é coordenadora nacional do Prêmio, junto com o secretário de Educação do Acre, Marco Antônio Brandão. “É uma alegria para o Tocantins sediar essa reunião e receber essa comitiva nacional para tratar de gestão escolar e colaborar para que os resultados almejados pelo Prêmio Gestão sejam alcançados. Estamos felizes com esse volume de inscritos até o momento, mas a nossa meta é que todas as 518 escolas estaduais do Tocantins e a maioria das unidades municipais participem do PGE 2017”, ressaltou.

Segundo a gestora, a iniciativa, que conta também com a parceria da União dos Dirigentes Municipais (Undime) e do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), tem como “principal contribuição promover a autoavaliação dos  processos de gestão escolar, dos projetos, programas, ações da escola, mas sobretudo com foco nos resultados, no impacto da  aprendizagem e que nos permite avaliar de que forma podemos melhorar cada vez mais as práticas de gestão educacional”, enfatizou.

Inscrições

As inscrições seguem abertas até o dia 14 de agosto e devem ser feitas pelo site www.premiogestaoescolar.org.br. Podem concorrer escolas do ensino da educação básica das redes públicas estaduais/distrital e municipais. A restrição fica para as unidades de ensino que tenham sido premiadas na edição anterior do PGE. Estas não poderão participar.

Mobilização nos estados

Dentre as intenções da reunião técnica está a mobilização das redes estaduais e municipais de ensino para a participação no Prêmio, que valoriza a gestão de sucesso e incentiva a utilização do PGE como indutor de boas práticas.

Segundo a representante da Secretaria de Educação de Roraima, Shirley Torreeias, o conhecimento proporcionado pelo encontro nacional acarretará o aumento da participação em seu estado. “Estamos encantados com o Tocantins e com a recepção calorosa que tivemos da professora Wanessa e de toda a equipe. Acredito que o objetivo da reunião foi alcançado com êxito, ao esclarecer sobre os processos da autoavaliação, e mostrar como podemos utilizar essas ferramentas disponíveis para melhorar a gestão das escolas. Saímos daqui com muitas informações valiosas”, avaliou.

O vice-presidente da Undime de Mato Groso, Sílvio Fidélio, que é secretário Municipal de Educação de Várzea Grande, participa pela primeira vez do PGE e está confiante com os resultados possíveis através da autoavaliação. “Já tenho 30 anos de educação, e, portanto, propriedade para dizer o quanto esse aprendizado que o Prêmio proporciona é importante. Não podemos perder de vista o processo da gestão escolar que está atrelado aos resultados da aprendizagem. Nestes dois dias adquirimos muita experiência que será multiplicada para as escolas de todo o Brasil. Tudo isso não seria possível sem a organização da equipe do Tocantins, à qual agradecemos em nome da professora Wanessa”, frisou.

A secretária executiva do Consed, Nilce Rosa da Costa, destacou a relevância da iniciativa para a qualidade do ensino no Brasil. “O Consed tem priorizado a realização do PGE por acreditar no poder que a gestão escolar, por conhecer o impacto que ela tem no sucesso da aprendizagem e saber que é uma das estratégias fundamentais para melhorar a educação no País”, ponderou.

Premiação

A premiação do PGE 2017 será concedida nas categorias Escola Destaque Local, Destaque Estadual/Distrital, Destaque Regional e Referência Brasil. Os representantes das unidades de ensino Destaque Estadual/Distrital”, serão contempladas com viagens nacionais. Já as vencedoras na categoria Regional e na Referência Brasil ganharão uma viagem de intercâmbio a um país da América Latina. A escola escolhida como Referência Brasil também leva um prêmio de além de um prêmio de R$ 30 mil.

 

Sua opinião é muito importante: