No Bico, governador diz que meta é recuperar mais de 1.500 km de rodovias

204

O terceiro de 18 trechos de rodovias, previstos para serem recuperados pelo governo Marcelo Miranda, na região do Bico do Papagaio, foi entregue na tarde desta sexta-feira, 7, em Itaguatins. Foram recuperados e entregues 25,23 quilômetros da TO-126, ligando Sítio Novo a Itaguatins.

357883_1000

Obras do Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS) estão sendo feitas em todo o Estado, conforme destacou o governador Marcelo Miranda. “Já são mais de 900 quilômetros de rodovias recuperadas. Outros 343 já estão em andamento, em fase bem adiantada, além dos mais de 230 quilômetros iniciados. Nossa meta é chegar a mais de 1.500 quilômetros de rodovias em perfeitas condições de tráfego no Tocantins”, apontou.

Bico do Papagaio

O Projeto de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável prevê, somente para a Região do Bico, a recuperação de 378,43 quilômetros de estradas: nas rodovias TO-010, TO-126, TO-134, TO-201, TO-403, TO-404, e TO-407. O investimento será aproximadamente de R$ 88,3 milhões.

Já havia sido inaugurado o trecho de Augustinópolis a Buriti (40,13 km) e o trecho de Buriti a Esperantina (37,74). Esses, somados ao trecho de Sítio Novo (25,23 km), inaugurados nesta sexta-feira, totalizam cerca de 103,1 km inaugurados.

Para o prefeito de Sítio Novo do Tocantins, Alexandre Sousa Abreu Farias, a recuperação das rodovias do Bico tem grande importância. “Esse é um momento de muita alegria, porque essa é uma via de acesso para o turismo, interligando nossa cidade a Itaguatins. Nas condições que estavam essas rodovias, os  turistas estavam desestimulados”, afirmou.

A prefeita de Itaguatins, Ivoneide Barreto, agradeceu ao Governo do Estado pela atuação na região. “Agradeço em nome da comunidade de Itaguatins e de toda a comunidade da Região do Bico do Papagaio. Os prefeitos aqui dessa região são todos parceiros, e nós estamos prontos para o diálogo, para falarmos do desenvolvimento dos nossos municípios”.

Obras 

Em todas as rodovias são feitas a reconstrução da pavimentação asfáltica, melhorias no sistema de drenagem e na sinalização. As obras estão sendo realizadas com recursos do Banco Mundial, por meio do PDRIS, na modalidade Contrato de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema).

O contrato tem duração de cinco anos. Sendo que nos dois primeiros a empresa executa a recuperação das rodovias e nos três últimos, ela fica responsável pela manutenção rotineira dos trechos contratados.

Presenças

Participaram da solenidade, prefeitos de municípios da região do Bico do Papagaio; lideranças políticas e comunitárias; os deputados federais, Lázaro Botelho e Dulce Miranda; os deputados estaduais Amélio Cayres e Amália Santana, entre outras autoridades estaduais.

Sua opinião é muito importante: