Preso com explosivos pode ter participado de assaltos na Agrotins e no aeroporto

173

homem preso com explosivos na região sul do Palmas na madrugada desta quinta-feira (13) pode ter participação nos assaltos aos caixas eletrônicos da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrontins) e do Aeroporto de Palmas. A informação é da Polícia Militar, que também suspeita da ação da quadrilha durante a explosão do caixa eletrônico do Bradesco na última quarta-feira (12).

LOGO-GAZETA-com redes

A Polícia Militar informou ainda que os homens planejavam um novo crime, na cidade de Pequizeiro, no norte do estado. O próprio suspeito teria dado as informações aos policiais após confessar os crimes.

A prisão

O suspeito de integrar uma quadrilha de assalto a bancos foi preso na manhã desta quinta-feira (13), na região sul de Palmas. Com ele, a polícia apreendeu armas de fogo e 4 kg de explosivos que estavam escondidas em uma kitnet que era usada como ponto de apoio pela quadrilha.

De acordo com a Polícia Militar, ele já tinha passagem por latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e homicídio. Após ser ouvido, o suspeito foi levado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Os crimes

O caso mais recente foi em Peixe, no sul do estado. Um caixa eletrônico foi explodido na madrugada desta quarta-feira (12). Com a ação dos criminosos, um posto bancário do Bradesco ficou destruído. A Polícia Militar informou que não houve feridos.

Após o assalto, os policiais encontraram um carro a 5 km da cidade. No veículo foram encontrados uma cédula de R$ 20 e um acessório usado para colocar a arma no cinto.

Na Agrotins o crime aconteceu na madrugada de 13 de março. Dois caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal foram explodidos no local. Para ter acesso ao local, a quadrilha teria usado um barco, conforme a PM. A feira é montada nas margens do lago de Palmas.

Sua opinião é muito importante: